quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Um pouco de BBB


Já me perguntaram se eu estou torcendo pra alguém, e eu digo ... Não sei dizer ao certo pra quem eu torço (talvez Dourado, Michel ,talvez Serginho, Morango, Cacau) Só sei dizer pra quem eu NÃO TORÇO :



LIA

ANAMARA

FERNANDA

CADU




E a Elenita? Assisto o PPV, e confesso que durante algum tempo eu simpatizei com ela sim, pq além dela ser uma mulher de verdade, sem falsas doçuras ela dizia o que pensava... Encarou a Lia numa briga onde eu me diverti horrores...


E os figurinos dela? De arrasar ... Glorinha Kalil deveria se basear nela pra criar um novo livro CHIQUÉRRIMA hahahah, mas uma coisa convenhamos né gente? Aquela ali é a mulher brasileira... Tem celulites? E quem não tem.. Eu tenho, e olha que faço drenagem, uso creme Vichi, e tudo mais...É gordinha? Um pouco... não se esqueçam que a Tv engorda mais do que tudo (em média 5 quilos) por causa da lente que usam nas câmeras, e se o que eu li no raio x dela estiver certo, ela tem 70 quilos pra 1,66 ... Tenho muitas amigas com essas medidas que eu não acho gorda, e conheço outras tantas que com 1,55 e 60 quilos que se acham acima do peso, umas parecem outras não , mas e daí? A discussão é sobre o que aparece na tela , não é mesmo? E se eles estão lá naquela vitrine, se expuseram então que aguentem os comentários e julgamentos...

No fim, vou dizer:ultimamente a voz dela já me irritava, assim como a da Anamara, e a da Lia... Poderiam sair as 3 naquele paredão que a gente ia gostar...


O fato é que agora pouco alguém no twitter deu o link do blog da moça e eu lendo o que ela escreveu, consegui simpatizar um pouquinho, vejam:





Quarta-feira, Fevereiro 17, 2010
Voltando do aquário

Esta noite deixei de ser um dos peixes que todos observam e passei a comparar o que vivi dentro do aquário com o mundo exterior. Comparei 100% do que aconteceu lá com 5% daqui de fora... q foi só o q deu para ler durante a madrugada esta noite.
Mando um beijo para todos que torceram por mim e também para quem me achou arrogante, complexada, metida, gorda e doida. Aliás, se eu tivesse assistido a chamada da 1ª semana, tb me acharia antipática! Aquilo foi um trecho de uma conversa de quase uma hora e nem eu gostei dele.
Sou uma mulher inteira, não um título. Se o BBB fosse um programa de intelectuais, eu não teria ido, não gosto da arrogância de alguns círculos acadêmicos e foi uma pena que tenham me passado em tantos lugares apenas como “a doutora em lingüística”. Achei pobre, confesso... A vida é muito mais que isso.
Sou complexada por ser gorda? ... Gente, ser gordo não é demérito para ninguém! Aliás a maioria dos brasileiros está acima do peso, ser magro é a exceção. Quem não gosta de ver mulher com curvas, que não veja, mas há quem aprecie. O BBB bancou colocar uma mulher real, com curvas, celulite na bunda e, sobre o convite para a Playboy... que bom que está havendo interesse em mulheres com manequim acima de 36! A mulher brasileira precisa aprender que não precisa se encaixar num modelinho de revista de beleza que só serve para fazê-la comprar cosméticos caros, ou pior, morrer aos 27 anos numa mesa de cirurgia para se sentir mais bonita. Cada mulher tem o direito de se sentir bela como é. E se isso ofende algumas pessoas talvez elas não se aceitem em sua magreza ou parca beleza tão bem como gostariam.
Não quero fazer Playboy e não vou, apesar de lisonjeiro. Gostei de saber que a revista se interessa por alguém que se assume, se expõe (à crítica e ao ridículo), com seus mais de 70 quilos, mas a resposta é “não”.
Me expus como pessoa, achei uma experiência rica, um laboratório para a vida, mas não quero me expor nua. Essa exposição fica para quem eu amar muito e dividir a cama comigo. Nesse passo, gosto mesmo de homem... e não acho certo ou honesto ficar rotulando as pessoas por causa desse gosto.
Disseram que sou autoritária, mas muitas vezes só tive opinião. Nunca fui maria vai com as outras e se isso incomoda, lamento. Não é prepotência, mas – como cantou a Maysa – "só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo que creio".


Muitas perguntas foram feitas nessa noite e agora endereço algumas...

Pq mandei a Fernanda pro monstro? Não tinha um acordo de não mandar?
Não havia acordo nenhum, isso é mentira, como foi confirmado com ênfase e ao vivo pelo Bial.

Ela não estava cansada da prova do líder? Não foi crueldade?
A descrição do monstro era apenas a de uma dupla que se vestia de palhaço para cantar marchinhas, ela se fez de vítima... E depois de domingo sequer entendi como, já que Fernanda e Cadu passaram o dia sorrindo ao dar cambalhotas felizes enquanto se divertiam na grama.

Por que tentei sair da casa e depois desisti?
Depois de toda aquela cena da casa indignada pela minha “maldade soberana” sabia que seria indicada e sabia que somaria contra mim em votos populares a torcida de todos (ou quase todos) os jogadores da casa.
Como qualquer ser humano, eu tive medo. Medo de rejeição, medo de reprovação. O mais puro e cristalino medo humano. Talvez tenha errado em não manter minha posição quando me dirigi em confessionário à direção do programa, mas resolvi que se tinha entrado no barco deveria ir até o fim. Se fosse para sair, que fosse pela porta da frente, como é o jogo. Todo mundo tem o direito de ter uma reação emocional e imediata e depois refletir e mudar. Eu usei esse direito.
Disseram que eu fiz cena, que se quisesse ter ido teria ido. Se a porta estivesse destrancada teria abrido (com erros de português que são típicos não da “doutora”, mas da menina que sente mais do que suporta e se equivoca como todo mundo normal em situações de stress) e teria saído. Mas não saí.

O Elieser disse q vc é feia por fora e por dentro . O q vc acha disso?
Por fora, é o gsosoto dele, é um menino e entendo. Por dentro... bem, a beleza está nos olhos de quem vê, não?

Qual sua opinião sobre o Cadu?
Um rapaz muito bonito por fora, e a ser construído por dentro.

Maroca?
Ela ser PM e bancar a exposição pública é algo que sei q é duro. Todo mundo disse que eu não devia me expor como professora, então sei o que ela passa. De resto, é uma pessoa como outra qualquer, com qualidades e defeitos. Me decepcionei com ela porque esperei mais do que deveria... Mas de quem é a culpa quando a gente se frustra? Não é nossa porque esperou demais?



No mais, fui feliz. Paguei muitos micos. Respondi que os nerds haviam fugido da escola, caí de joelhos numa prova, fui uma esponja maluca em outra, errei o figurino todas as vezes, mas nunca me traí, nunca traí meus valores, a educação que meus pais me deram e o ser humano inteiro que eu sou. Algumas pessoas podem ter “desgostado”... mas é que na vida a gente não pode sempre gostar de tudo e de todos mesmo...

Agradeço pelo carinho e pelos 15 minutos de fama, que espero no fim das contas possa servir para tornar os muitos minutos seguintes de vida muito, muito mais leves.....

Um beijo,
Com carinho,
Lena
Postado por Elenita Rodrigues às 12:37 PM


Bom é isso pessoas, depois de ler tudo isso reflitam, ou não! Beijoooo deixa eu cuidar da vida , pq hoje começam as aulas dos pquenos... Depois eu volto!

Nenhum comentário: